top of page

Educação Sanitária na Zona Rural

Por Adelina Fonseca (Coordenadora do Programa de Educação Ambiental da UHE Jirau)



Usina Hidrelétrica Jirau



A construção de uma usina hidrelétrica envolve a execução de um conjunto de obras necessárias para a geração de energia elétrica, no período que antecede o enchimento do reservatório d`água, dentro de um determinado prazo, seguindo o chamado cronograma de implantação, sob a fiscalização do órgão ambiental competente. Em paralelo a execução das obras, todas as ações constantes do Projeto Básico Ambiental do empreendimento, chamados de Planos, Programas e Projetos nos meios socioeconômico, físico e biótico devem ser desenvolvidas.

No caso da UHE Jirau, a construção deste conjunto de obras iniciou em novembro de 2008 e de lá para cá muitas ações foram realizadas, tanto na execução de obras, quanto na implantação do Projeto Básico Ambiental, como, por exemplo, a aquisição de terras e construção de reassentamentos urbano e rural coletivos para transferência das famílias residentes na área diretamente alcançada pelo reservatório da UHE Jirau.

Após os cinco anos de construção e a implantação de todas as ações previstas para esta fase, a UHE Jirau iniciou o enchimento do reservatório, em outubro de 2012, com término previsto para fevereiro de 2014. Antes do início de enchimento, há necessidade de se tomar algumas providências, como supressão da vegetação, limpeza e desinfecção da área na qual será formado o lago,  e o resgate de animais silvestres.

Nesta etapa de enchimento, torna-se necessário o desenvolvimento de ações informativas junto à população de regiões próximas ao reservatório, alertando para os cuidados necessários relacionados ao uso da água, destinos adequados para esgotos e resíduos e com o possível aparecimento de animais, principalmente, os peçonhentos, que com a subida da água, deixam os seus habitats naturais.

Nesse sentido, o Programa de Educação Ambiental (PEA) da UHE Jirau iniciará um trabalho de educação sanitária na área de influência do futuro lago neste mês de setembro. Essas atividades serão realizadas nas seguintes localidades: PA São Francisco, Ramal 31 de Março, Cical, Brito, Dois Irmãos, Rio Madeira, Embaúba, Arrependido, Primavera, Reassentamento Rural Coletivo, Nova Mutum Paraná, Abunã e Fortaleza do Abunã.

Dentre as atividades previstas, ocorrerão palestras nas escolas, reuniões com lideranças comunitárias e entidades representativas nas diversas localidades, com o objetivo de manter a população informada sobre os cuidados necessários com a água e suas fontes de contaminação, disposição adequada dos resíduos sólidos (lixo), animais peçonhentos, contribuindo assim, para a conservação dos recursos naturais.

E como material de apoio, será distribuída uma cartilha informativa para a população ter acesso a todos os cuidados necessários no período, e após, o enchimento do reservatório da UHE Jirau.

O objetivo principal destas ações, além de manter as comunidades informadas,  é contribuir para que a população possa tornar-se agente de sua saúde ao passo que toma consciência dos principais problemas que podem comprometer o bem estar humano e do meio ambiente, adotando práticas e hábitos que lhes permite prevenir ou evitar o agravamento de doenças. Participe! Faça sua parte!

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


Post: Blog2_Post
bottom of page