top of page

Neste dia do apicultor, conheça o caso do produtor Danniel de Jesus, de Novo Horizonte d’Oeste (RO)


Em Novo Horizonte d’Oeste (RO), o produtor Danniel de Jesus Silva tem trabalhado firme, sob acompanhamento do SENAR-RO, para tornar a apicultura a principal atividade da propriedade. “Ter um programa que mostra onde você pode melhorar, isso nos ajuda muito. Mostra onde podemos chegar. É o que eu realmente precisava. Eu diria que esse programa é como uma criança aprendendo a andar, um passo de cada vez, até você aprender a caminhar sozinho”, diz Danniel.

A história do produtor com a apicultura começou há quatro anos. O sogro havia abandonado a atividade e deixado o material de lado já há alguns anos. Foi quando ele resolveu pedir ao sogro apoio para retomar a atividade e assim foi começando aos pouquinhos. “De dois anos para cá já estou tocando praticamente sozinho. O início foi difícil. Sem orientação você vai dando muito tropicão”, conta.

Há nove meses, Danniel conheceu o programa por intermédio de um amigo e entrou para a Assistência Técnica e Gerencial do SENAR, sendo atendido pelo técnico de campo, Jânio Angelo Felix. “Quanto ele chegou para a primeira visita já tinha o resultado da safra daquele ano e ele me mostrou o quanto eu podia produzir mais com o que eu tinha e a gente começou a trabalhar”, conta. “O resultado vai ser colhido agora, na safra desse ano.”


“Ele tem levado bastante a sério a assistência técnica e gerencial e como primeiros resultados técnicos já conseguimos reduzir as percas de enxames na entressafra, fazer com que os enxames chegassem mais fortes no início do período produtivo e assim tendo potencial de aproveitar melhor as floradas. Além disto, dentro do planejamento estratégico umas das metas é dobrar a quantidade de colônias e já estamos quase alcançando com uso de novas técnicas de multiplicação de enxames. Na parte de gestão o produtor tem anotado com rigor despesas e receitas e hoje já consegue perceber que é possível ter uma ótima rentabilidade com a atividade”, diz Jânio Felix.

As principais adequações técnicas foram na alimentação de enxames, divisão de colmeias organizando as caixas entre as mais produtivas e as menos produtivas, gestão dos dados e planejamento da atividade. “O trabalho agora tem um planejamento e é por isso que está dando certo. Sei o que tenho que fazer a cada dia e o serviço não fica pra amanhã”.

Para quem quer crescer, seja qual for a atividade, a gestão do negócio é fundamenta. Danniel, que já participou do curso Empreendedorismo Rural oferecido pelo SENAR, já tinha essa visão e com o apoio gerencial do Jânio, ele tem se sentido seguro para direcionar seus investimentos, dando sempre passos seguros. “Ele (o Jânio) nunca exigiu muito de mim. Não! Ele perguntava o que que eu podia fazer e se encaixada dentro do meu orçamento. Então no momento tudo está se resolvendo”. Neste ponto, outra intervenção destacada pelo produtor foi o auxílio técnico na otimização da compra de materiais necessários para melhorar a atividade.

O SENAR-RO conta com uma turma de ATeG Apicultura. São 28 Apicultores atendidos na região de Rolim de Moura (RO).

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


Post: Blog2_Post
bottom of page